A plataforma de geminação de resiliência, na sua versão inicial, está agora operacional online. A plataforma foi apresentada aos parceiros de geminação durante uma reunião online, em 9 de março, e está prevista uma apresentação aos parceiros de geminação das redes mais para o fim de março, sob a égide da rede de AMP da África Ocidental.

A plataforma visa reunir os gestores de AMP em torno de questões de resiliência, quer relativas à resiliência das próprias AMP, quer à contribuição das AMP para a resiliência dos territórios costeiros próximos. A plataforma inclui secções sobre notícias, informações sobre eventos e oportunidades de desenvolvimento de capacidades, publicações científicas e técnicas recentes que abordam tópicos de resiliência e restauração, sites relevantes e boas práticas.

Também permite pleno acesso à R-SAT (ferramenta de autoavaliação de resiliência). Já estão em curso na África Ocidental sessões de avaliação da capacidade de resiliência utilizando a ferramenta. Os parceiros de geminação irão agora contribuir para a divulgação da plataforma e do conjunto de ferramentas.

Pretende-se que esta plataforma se desenvolva, tendo sido concebida com foco na interatividade, permitindo aos utilizadores postar e partilhar diferentes conteúdos. Está a ser preparada uma apresentação em vídeo, e serão agendados em breve webinars para apresentar a plataforma e aprender sobre a ferramenta R-SAT.

Plataforma Resiliência online: https://coastal-resilience.online

 

Imagem: Plataforma de Resiliência. Crédito: Ocean Governance

 

 

Extrato dos resultados do R-SAT. Crédito: Ocean Governance